Erro no banco de dados do WordPress: [Disk full (/var/tmp/#sql_7b39_2); waiting for someone to free some space...]
SELECT t.*, tt.*, tr.object_id FROM wp_terms AS t INNER JOIN wp_term_taxonomy AS tt ON tt.term_id = t.term_id INNER JOIN wp_term_relationships AS tr ON tr.term_taxonomy_id = tt.term_taxonomy_id WHERE tt.taxonomy IN ('category', 'post_tag', 'post_format') AND tr.object_id IN (22827) ORDER BY t.name ASC

CIENCIA HOJE

COMPARTILHE:

[print-button target='#areaImpressao']

Ciência Hoje das Crianças


Conteúdo do Link: http://chc.org.br/um-aniversario-para-ser-lembrado/

Um aniversário para ser lembrado

Em 2015, a ciência celebra os 100 anos da Teoria da Relatividade Geral de Albert Einstein

Imprimir Pdf

Erro no banco de dados do WordPress: [Disk full (/var/tmp/#sql_7b39_2); waiting for someone to free some space...]
SELECT t.*, tt.*, tr.object_id FROM wp_terms AS t INNER JOIN wp_term_taxonomy AS tt ON tt.term_id = t.term_id INNER JOIN wp_term_relationships AS tr ON tr.term_taxonomy_id = tt.term_taxonomy_id WHERE tt.taxonomy IN ('category', 'post_tag', 'post_format') AND tr.object_id IN (22521) ORDER BY t.name ASC

Erro no banco de dados do WordPress: [Disk full (/var/tmp/#sql_7b39_2); waiting for someone to free some space...]
SHOW COLUMNS FROM `wp_posts`

Você já ouviu falar em relatividade? Se não, provavelmente vai ouvir quando tiver uma aula de física. Apesar de difícil de ser entendido até mesmo por muitos estudiosos, este é um conceito importante para a ciência, pois explica uma série de fenômenos da natureza e do universo. A Teoria da Relatividade Geral, que completou 100 anos em 2015, foi desenvolvida pelo alemão Albert Einstein, talvez o físico mais famoso de todos os tempos. Vamos conhecer um pouco da sua história?

O físico alemão Albert Einstein em 1921. (foto: Wikimedia Commons)

O físico alemão Albert Einstein em 1921. (foto: Wikimedia Commons)

O artigo que descreveu pela primeira vez a Teoria da Relatividade Geral foi publicado em 1915 no Boletim da Sociedade Científica Prussiana e revolucionou a física em que se baseavam os cientistas até aquele momento.

Segundo o astrofísico Wladimir Lyra, podemos pensar na relatividade como uma interpretação da força da gravidade. “A ideia central é que a matéria distorce o espaço ao seu redor, e nós percebemos essa distorção como uma força, que chamamos de gravidade”, explica. “Einstein descobriu que a matéria diz ao espaço como se curvar e o espaço diz à matéria como se mover”.

Quando o físico alemão divulgou sua teoria, muitos cientistas torceram o nariz. Porém, logo depois, reconheceram a genialidade do conceito criado por Einstein. “Em 1919, houve um eclipse do Sol que confirmou a teoria da relatividade”, conta Wladimir. O fenômeno foi observado, ao mesmo tempo, no município de Sobral, no Ceará, e na Ilha do Príncipe, na África. Com essa observação, cientistas comprovaram que a luz era desviada ao passar perto de uma estrela – como Einstein havia previsto.

“Num mundo onde a ciência é tão presente, comemorar uma invenção como essa é importante e deve despertar a curiosidade de todos para aprender um pouco mais sobre física, até porque fica difícil não se apaixonar por toda essa beleza”, aposta o professor José Cláudio Reis, da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio).

Vida e obra de Einstein
Albert Einstein nasceu na cidade de Ulm, na Alemanha, e aos 17 anos se mudou para a Suíça. Formou-se em física e foi trabalhar num escritório de patentes, onde se dedicou à análise de motores elétricos. Dizem alguns historiadores que, antes de se tornar o gênio que é considerado hoje, Einstein não ia muito bem na escola e tirava notas consideradas baixas!

O físico é mundialmente conhecido por sua famosa fórmula E = mc² (energia = massa vezes velocidade da luz ao quadrado), que explica a quantidade de energia contida na matéria. Além disso, recebeu o Prêmio Nobel de Física em 1921 por suas imensas contribuições à área e pelas diversas descobertas que realizou.

No ano de 1925, Einstein fez uma visita ao Brasil. Ficou hospedado no Hotel Glória, no Rio de Janeiro, e deu uma série de palestras em universidades e museus cariocas, encantando os brasileiros. Segundo os jornais da época, ele conheceu os principais pontos turísticos da cidade e até provou vatapá, um prato típico da Bahia.

Morreu em 1955, aos 76 anos.

Valentina Leite, estagiária do Instituto Ciência Hoje
Sou apaixonada por cinema, sushi e praia. Adoro escrever, andar de bicicleta, cantar (no chuveiro) e conhecer pessoas novas! Quando pequena queria ser cientista, mas acabei escolhendo ser jornalista e agora escrevo sobre ciência.

Comentários

Observação: Os comentários publicados abaixo foram enviados por nossos leitores e não necessariamente representam a opinião da Ciência Hoje das Crianças.

  1. Anna Elise disse:

    Eu jå li sobre o Einstein na revista da chc mesmo!Gostei muito do texto da Valentina Leite, é muito interessante!

  2. Maria Betina disse:

    gostaria de saber se Albert Einstein fez um navio desaparecer, já ouvi boatos de que isso realmente aconteceu,gostaria que alguém pudesse confirmar a verdadeira resposta para mim saber!!!!!!

    Adorei essa reportagem!!!!!

  3. mariana disse:

    teoria da relatividade


Deixe o seu comentário!









Conteúdo Relacionado

    Erro no banco de dados do WordPress: [Disk full (/var/tmp/#sql_7b39_2); waiting for someone to free some space...]
    SELECT t.*, tt.*, tr.object_id FROM wp_terms AS t INNER JOIN wp_term_taxonomy AS tt ON tt.term_id = t.term_id INNER JOIN wp_term_relationships AS tr ON tr.term_taxonomy_id = tt.term_taxonomy_id WHERE tt.taxonomy IN ('category', 'post_tag', 'post_format') AND tr.object_id IN (23254, 23490, 23546) ORDER BY t.name ASC

  • Experimento comestível

    Aprenda a calcular a velocidade da luz com um forno micro-ondas e uma barra de chocolate

    Uma barra de chocolate pode ajudar você a medir a velocidade da luz! Veja como. (foto: adaptado de EverJean / Flickr / CC BY 2.0)
  • História eletrizante do Brasil

    Livro conta a história do nosso país a partir de episódios que envolvem raios e tempestades

    De 2000 a 2014, em média, o Brasil registrou 111 mortes por ano por causa de acidentes com raios. Mas uma boa parte delas poderia ser evitada se as pessoas tivessem mais informações sobre como se proteger durante as tempestades. (foto: ELAT / INPE / Fedrizzi Junior)
  • A galinha-dinossauro e ovo descozido

    Confira os vencedores do prêmio IgNobel de 2015: pesquisas para rir e, depois, pensar

    Premiados pela descoberta de que uma galinha pode andar como um dinossauro, vencedores do Ig Nobel de Física se divertem ao receber o troféu. (foto: divulgação/Ig Nobel)
string(31) "lightboxIframe link infografico"

Novidades

Cadastre-se para receber nossas novidades por e-mail.

Seu e-mail